Ansiedade

Muitas pessoas sofrem hoje em dia de ansiedade em elevadas doses, o que as condiciona no seu bem-estar diário, causando problemas de sono e com isso, cansaço, irritabilidade, problemas metabólicos, etc.

Embora uma parte dessa ansiedade seja própria da maneira de ser de cada pessoa, o estilo de vida que levam pode conduzir a maiores doses de ansiedade.

A Medicina Chinesa pode ajudá-lo a equilibrar as emoções, a recuperar a autoestima perdida que origina falhas de autoconfiança e que levam a um aumento de ansiedade.

A pessoa que sofre de ansiedade, sofre com um futuro que ainda não chegou.Ansiedade é sentir-se preocupado ou nervoso. Todos nós mais tarde ou mais cedo iremos experienciar este estado psíquico.

Em doses moderadas, de tempos a tempos e por períodos curtos, até pode ser considerado normal e nada preocupante.

Por exemplo, muitas pessoas sentem ansiedade quando estão com dificuldades financeiras, problemas no trabalho ou dificuldades familiares. Também conhecido como “sofrer por antecipação“.

Contudo, se uma pessoa sente ansiedade por bastante tempo, mesmo quando não está com problemas concretos, então ela sofre de um transtorno de ansiedade.

Há vários tipos de transtornos de ansiedade. Se a pessoa sentir ansiedade sobre uma situação em particular, como estar no meio de uma multidão, é possível que ela tenha uma fobia.

Se a pessoa não costuma sentir ansiedade frequentemente, mas às vezes sente pânico de maneira súbita, é possível que ela tenha síndrome de pânico.

O transtorno de ansiedade generalizada é quando a pessoa sente ansiedade ou preocupação em relação a várias situações.

A Medicina Chinesa pode ajudar muito estas pessoas. Muitas vezes a ansiedade é uma questão genética, da própria personalidade da pessoa, inclusive pelo estilo de vida que leva ou pela relação familiar e as suas influências em casa, desde tenra idade.

Muitas vezes está associado a falhas de autoestima e de autoconfiança.

Há momentos em que estamos mais ansiosos e isso reflete-se no nosso sono.

Como consequência, ficamos mais cansados e/ou esgotados. O que por sua vez diminui a nossa capacidade de ver os problemas da vida tais como são. Elevando a ansiedade em relação aos pequenos obstáculos do dia a dia.

O principal trunfo da Medicina Chinesa é o de procurar sempre a raiz do problema e tentar resolvê-lo a partir da fonte. Por vezes, com pequenas mudanças de estilo de vida inclusive alimentares, podemos corrigir um problema de longa data de uma forma simples e eficaz.

Pressione Enter para pesquisar ou Esc para fechar