estrias

O que são as estrias?

As estrias são lesões da pele em forma de linhas que ocorrem devido a fatores hormonais e a um rápido crescimento ou aumento de peso. Estas cicatrizes são muito comuns e não causam nenhum problema médico significativo, mas podem ser motivo de preocupação estética para algumas pessoas.

Por que surgem as estrias?

A nossa pele possui propriedades elásticas que lhe permitem uma adaptação as alterações sofridas pelo corpo, devido a diferentes circunstâncias. No entanto, essa elastecidade tem limite.

Em caso de rápida e exagerada distensão, a pele pode sofrer lesões demonimadas estrias. As estrias surgem nas áreas sujeitas a contínuo e progressivo estiramento. Ao serem esticadas em demasia, as fibras elásticas da pele sofrem lesões que provocam cicatrizes.

As situações que mais habitualmente provocam estrias são:

  • Aumento repentino de peso: costuma provocar estrias no abdómen e no quadril.
  • Gravidez:  costuma provocar estrias nos seios, no abdómen e nos ombros.
  • Aumento rápido de massa muscular:  costuma provocar estrias nos ombros.
  • Fase da puberdade:  costuma provocar estrias nos quadris e coxas. Nas meninas, podem surgir estrias nos seios.
Grooves

Os adolescentes e as grávidas são os grupos de maior risco, 70% das adolescentes mulheres e 40% dos adolescentes homens desenvolvem estrias nesta fase da vida. Nas grávidas, a ocorrência de estrias é ainda maior chegando a 90%. Quanto maior o peso do bebé, maior o risco de surgirem estrias no abdómen.

Fatores genéticos também são importantes. Algumas pessoas têm mais facilidade em desenvolver estrias que outras. Se um parente próximo tem estrias, as suas probabilidades de as ter são grandes.

As estrias também podem surgir devido a doenças, a maioria delas pouco comuns, como síndrome de Cushing, síndrome de Marfan e síndrome de Ehlers-Danlos.

Alguns medicamentos podem causar estrias como efeito colateral. Os mais conhecidos são os corticóides, sejam eles em comprimidos ou cremes.

Fonte: Dr. Pedro Pinheiro, Estrias – Causas, Prevenção e Tratamento, mdsaude.com

As estrias podem ser classificadas como:

  • Vermelhas: Chamadas estrias recentes. Normalmente, na sua fase inicial, apresentam-se avermelhadas ou arroxeadas e gradualmente assumem uma coloração esbranquiçada. Também podem ser precedidas de prurido no local do aparecimento.
  • Brancas: são estrias antigas que já não apresentam reação inflamatória.
  • Atróficas: apresentam-se deprimidas em relação à superfície da pele.
  • Hipertróficas: fazem relevo em relação à superfície da pele.

O nosso método de acupunctura aplicado às estrias, tem uma taxa de sucesso de 75% na redução da largura e no comprimento. É um tratamento lento que pode variar entre 14 a 18 semanas, devido à regeneração cutânea ser lenta.

Mas os resultados são muito expressivos.

Venha conhecer a solução que temos para o seu caso.

Pressione Enter para pesquisar ou Esc para fechar