INFERTILIDADE

Todos os dias, há casais que sofrem com problemas de infertilidade. Entre 16% a 20% dos casais debatem-se com problemas ligados a infertilidade que provocam alterações na sua autoestima, realização pessoal e familiar.

Esta ocorre quando existe a incapacidade biológica, temporária ou permanente de uma pessoa poder contribuir para conceber um filho, ou ainda, no caso da mulher, na impossibilidade de levar a termo uma gravidez.

As principais causas da infertilidade e sua distribuição:

  • 30-35% fatores femininos: disfunção ovulatória, lesão ou obstrução nas trompas uterinas, endometriose, patologia e anomalias no útero e colo, menopausa precoce.
  • 30-35% fatores masculinos: alterações na qualidade do esperma, patologias do testículo, dutos, epidídimo e próstata, disfunções na ereção e ejaculação.
  • 20% fatores mistos: os dois elementos do casal estão envolvidos.
  • 15-20% causa inexplicada: não se consegue determinar o motivo da infertilidade.

O que é a Infertilidade?

Considera-se haver infertilidade quando a mulher não consegue engravidar, após de tentar por um período mínimo de um ano.

Para a maioria dos casais, ter relações sexuais com frequência sem usar métodos contracetivos resulta em gravidez no prazo de um ano.

Para aproximadamente 50% dos casais, a gravidez ocorre já nos primeiros três meses.

Não conseguir engravidar pode ser causado por problemas no homem, na mulher ou em ambos. 

No caso da mulher, é possível que os óvulos não sejam libertados do ovário ou talvez os óvulos não consigam passar pelas trompas que chegam ao útero.

No caso do homem, é possível que ele tenha problema em produzir espermatozóides ou talvez os espermatozóides não consigam atravessar os tubos que chegam ao pénis. 

O médico faz exames para tentar descobrir a causa da infertilidade.

Para poder ter uma maior hipótese de engravidar, o casal deve ter relações sexuais nos três dias anteriores à ovulação.

Caso tenham relações sexuais no período certo e não resulte, existem medicamentos e técnicas médicas que ajudam a mulher a engravidar.

A Medicina Chinesa pode ajudar neste problema, depois de um diagnóstico cuidado ao casal, teremos uma solução terapêutica que pode passar por acupunctura ou por acupunctura mais fitoterapia.

Inclusivamente para os casais que já estão em processo de fertilização in vitro, o uso de MTC pode aumentar de forma significativa a taxa de sucesso do procedimento inicial.

Normalmente e para resultados mais eficientes, aconselhamos que seja visto e tratado o casal como um todo.

Graças à Medicina Chinesa, de uma forma natural,  já foi possível ajudar milhares de casais a atingir o seu objetivo e recuperar a felicidade que tanto ambicionavam.

Quem sabe se você não será a próxima?

Pressione Enter para pesquisar ou Esc para fechar